Seu veículo gasta muito combustível?

Você já se perguntou se seu carro gasta muito combustível?

Muitos motoristas podem conviver com essa dúvida por um logon período de tempo, o consumo de combustível pode esta associado a vários fatores, como o desgaste dos pneus do carro, o uso forçado do ar condicionado do carro, algum outro componente do motor com dificuldade em seu funcionamento.

Para calcular e verificar esse consumo, é muito simples!  Escolha um posto de confiança e peça para o frentista completar o tanque do seu veículo. A partir daí, é só zerar o hodômetro parcial e, no próximo abastecimento, verifique quantos litros foram usados para se completar o tanque novamente.

Fazendo uma divisão de quilômetros rodados pela quantidade de litros, obtemos a média em km/l – quilômetros por litro.

Mas, hoje em dia, com os veículos bicombustíveis em conjunto com a variação de preço por litro nos postos, fica muito mais coerente sabermos quantos reais estamos gastando em combustível por quilômetro percorrido.

A Calculadora Mental

O princípio é o mesmo.  Abasteça o seu veículo e zere o hodômetro. Assim que for abastecer de novo, complete o tanque e anote quantos reais gastou.

Um exemplo: Supondo que você gaste R$ 105 no reabastecimento e no final do tanque, o hodômetro marque 400 quilômetros percorridos.

Teremos: R$ 105 ÷ 400 quilômetros = R$ 0,26/km. Serão gastos 26 centavos de combustível para cada quilômetro percorrido.

Abaixo está um exemplo do comparativo entre etanol e gasolina:

 

R$/Litro Tanque (litros) Tanque cheio (R$) Consumo médio (km/l) Autonomia média (km) R$/km
Gasolina R$ 2,80 50 R$ 140 10 500 R$ 0,28
Etanol R$ 2,10 50 R$ 105 8 400 R$ 0,26

 

A vantagem em reais é do etanol.

O benefício de se acompanhar o consumo é identificar variações que podem representar problemas de ordem elétrica, mecânica, combustível de má qualidade e até mesmo uma forma de condução não apropriada.

Lembre-se de que o consumo pode variar se você roda muito na estrada ou só no nas cidades, e também de acordo com o modo de condução.

Quem tem “pé de chumbo” gasta mais. Quem dirige sobriamente, com segurança, gasta menos. Nada mais justo…

Publicado em mecanica em geral Marcado com: ,