Cuidando do motor e mecânica da Chevrolet Montana

Recentemente a Chevrolet anunciou a chegada da linha 2015 da Montana, no mercado automotivo brasileiro. De acordo com a montadora a picape tem um preço inicial de 36.300,00 porém pouca coisa foi alterada se compararmos com o modelo 2014. A principal mudança que aconteceu foi a introdução do sistema de direção hidráulica como item de série já na sua versão LS, a inicial.

picape-chevrolet-montana-2015-espaco-interno

A principal delas é a introdução da direção hidráulica como item de série já na versão LS, a de entrada. Também estão disponíveis regulagem de altura para o banco do motorista e o cinto de segurança, alerta em situações de faróis acesos com o carro desligado e, conforme manda a legislação nacional, airbags frontais e freios ABS. Leve sempre a um centro automotivo especializado para manutenção preventiva.

Falando de estética, alem de pra choque na cor da carroceria, a Montana 2015 tem uma nova opção de cor, o preto carbon flash. A Montana é um carro desenvolvido pela Chevrolet do Brasil e pela General Motors. Começou a ser vendida para os mercados industriais automotivos de toda América Latina e países da África do Sul. A sua primeira geração possuía um design parecido com o do modelo corsa, pois o carro era compacto e não continha muito espaço para os passageiros, dando um maior espaço para a cabine no interior do veiculo.

Como o gasto de combustível pode variar muito e no final das contas render quase 3.000,00 reais de economia para o proprietário do automóvel. Com boas práticas de direção e manutenção do carro, consegue-se diminuir em até 35% o consumo de combustível, É um valor estimado pois várias condições podem alterar, tais como o tamanho e a potência do motor.

Nova-Chevrolet-Montana-2015

Dessa maneira, pode-se ligar o sistema de ar condicionado no mínimo possível e à medida que vai esfriando aumentar a sua intensidade. Dessa maneira o sistema não é muito forçado e acaba gelando da maneira que o condutor deseja, só que um pouco mais demorado, pois o aumento no gelo da temperatura acontece gradualmente e não de repente, o que acabaria forçando por demais o sistema.

O ponto mais crucial e importante é adquirir um modelo mais econômico para que o automóvel comece a economizar combustível. É uma das principais atitudes a se tomar para reduzir o consumo de combustível de forma mais significativa. O Inmetro todo ano divulga um ranking com os automóveis mais econômicos e os menos econômicos. Os automóveis com motor blue motion, que são mais eficientes, automóveis movidos a diesel, elétrico e híbridos são as melhores alternativas para economizar com combustível. Podemos citar como exemplo o híbrido Toyota Prius que compensa o quanto seu valor é maior em menos de dois anos compensa o gasto extra com a economia.

Cerca de 20 por cento do aumento do consumo de combustível deve-se ao sistema de ar condicionado. Para que o consumo diminua, podemos tomar algumas atitudes como estacionar o carro na sombra para depois não precisar ligar o ar na maior velocidade, já que o automóvel não estará quente demais e desligar o sistema de ar condicionado alguns minutos antes de alcançar o ponto final são algumas dicas para usar menos ar-condicionado, mesmo no verão. Essas dicas acabam por ajudar na economia de combustível.

Para que o ar condicionado forneça o seu conforto e comodidade com economia, leve seu automóvel a um centro automotivo especializado, para obter algumas dicas de economia e aproveitar para realizar uma revisão geral diagnosticando e realizando uma manutenção preventiva e corretiva para que o ar condicionado da Chevrolet Montana esteja sempre funcionando corretamente.

Publicado em mecanica em geral Marcado com: , , ,