Como dar partida e cuidar corretamente do motor do Renault Sandero

Hoje em dia, praticamente todos os automóveis vendidos no Brasil possuem motorização Flex. Isso, inclusive refere-se ao Renault Sandero. Mas, para automóveis flex é importante saber dar a partida corretamente. Ele utiliza um pequeno tanque para injetar gasolina e realizar as partidas a frio. É preciso saber usar para evitar possíveis panes.

Nos automóveis flex principalmente zero quilômetro, existe no painel uma luz de combustível que pisca no painel e, mesmo depois do automóvel Renault Sandero ser abastecido no seu tanque, a luz continua insistentemente a acender. Por qual motivo acontece isso? Se repararmos com cuidado e examinarmos o compartimento do motor, descobre-se que existe um segundo reservatório de combustível que precisa sempre estar cheio. Esse reservatório é o de partida a frio, um reservatório a mais para sempre estar abastecido com gasolina. Leve seu automóvel a um centro automotivo para fazer essa checagem.

É importante esse reservatório para dar partida a frio, principalmente em dias com temperaturas baixas. Toda vez que for ao posto de combustível abastecer, é aconselhado sempre verificar esse reservatório e completá-la com gasolina, sempre obedecendo a indicação de nível máximo, pois caso vaze fica aquele cheiro desagradável que pode entrar na cabine do automóvel.

renault-sandero-interno

Até por volta do ano de 2010, antes de estragar, a gasolina aguentava mais ou menos 100 dias, e oxidar, transformando-se em uma espécie de borra com um cheiro desagradável. Nesses casos, até podia desobstruir a bomba injetora e canos e tubos que a leva até o motor do automóvel. Isso faria com que fosse necessária uma revisão geral para desentupir.Hoje em dia mudou, pois a gasolina que antes tinha em torno de 800 partes por milhão de enxofre, hoje possui em torno de 50 partes por milhão.

Por isso começou a ser chamada de s50. Essa mudança no teor de enxofre também fez com que ela durasse cerca de 9 meses antes de oxidar e criar borra no sistema de partida a frio. Por isso, hoje em dia pode ficar mais tempo a gasolina no compartimento de partida a frio no Renault Sandero.

A gasolina atual, também influencia na durabilidade do óleo do motor. O óleo que antes era recomendado trocar preventivamente a cada seis meses, hoje em dia dura bem mais tempo e conserva o motor mais, aumentando sua durabilidade.

Agora caso a única gasolina comercializada no Brasil fosse a premium, a durabilidade dos motores e sua longevidade seriam bem maiores. Isso também aumentaria a sobrevida ao motor, aos lubrificantes e até ao meio ambiente, pois teria menos poluição. Isso também acontece no Renault Sandero.

Agora, mesmo com a gasolina atual sendo melhor e mais durável do que a antiga, indicamos visitar constantemente um centro automotivo, onde todos os diagnósticos para saber o verdadeiro estado de conservação do automóvel do Renault Sandero. Inclusive saber se a gasolina que está sendo utilizada no abastecimento é de boa qualidade e ter algumas dicas sobre como e onde abastecer.

Publicado em mecanica em geral Marcado com: , ,