Aditivos de óleos para carros e serviços com troca de óleo automotivo

Qual tipo de aditivos de óleos para carros você deve escolher?

A dica dos profissionais é sempre comprar o recomendado pelo fabricante do motor do veículo.

Os fabricantes gastam milhares com projetos na criação de motores, fazem centenas testes e aprimoramentos de lubrificantes até achar o ideal a ser recomendado ao cliente, então é seguro seguir as indicações do manual do veículo a respeito dos aditivos de óleos para carros.

As indicações da fábrica recomendam a viscosidade e também o tipo de serviço com óleo que será realizado no veículo. Esta segunda característica do óleo no motor do automóvel é dividida em duas categorias principais: A primeira para motores a álcool e gasolina e a segunda para motores a diesel que utiliza compressão, em referência ao tipo de motor que utiliza este combustível.

Quando trocar o óleo do motor do carro?

A duração do óleo do motor do veículo, em geral é de 5 mil quilômetros ou seis meses, no caso dos que possuem minerais, e o dobro disso no caso dos sintéticos os semi-sintéticos ficam no meio do caminho, conforme informado no rótulo.

Se o automóvel rodou menos de 5 mil quilômetros em seis meses, ainda assim é preciso trocar o óleo no motor do carro, que atingiu seu prazo de validade e a partir dali não fará mais sua função na lubrificação do motor de forma adequada. Os profissionais recomendam, também, que se escolha sempre a mesma marca e sempre de acordo com as recomendações do fabricante do motor do veículo.

Como verificar o nível do óleo no veículo?

O nível de óleo lubrificante no motor do carro deve estar sempre entre as marcas de máximo e mínimo da vareta medidora, verifique no manual de seu automóvel a localização desse instrumento.

Essa marca é a garantia de que a bomba de óleo do motor está em condições de receber o fluido para fazê-lo alcançar as partes superiores dos cilindros e câmaras de combustão no funcionamento do motor.

Se isso não acontecer, há risco de danos ou quebra do motor por causa de efeitos como carbonização excessiva ou até perda de rendimento.

Verificação do óleo passo a passo

1. retire a vareta de óleo do motor do automóvel;

vareta-oleo-motor
2. limpe-a com um pano;
3. coloque novamente no local de onde foi retirada, observe e leia o nível;
4. o nível deve estar entre as marcas de máximo e mínimo indicadas.

O nível do óleo usado nessa verificação deve ser observado, no mínimo, uma vez por mês, preferencialmente com o motor frio

Publicado em mecanica em geral Marcado com: ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*