Cuidados com a bateria do Ford Ecosport

Recentemente a Ford divulgou detalhes sobre a linha 2015 do Ford Ecosport que não conta mais com a versão básica, a S, que estava custando 59.000,00, na linha 2014. Agora na linha 2015 a primeira versão inicial é a SE que parte do valor de 63.000,00 reais. Também agora tem a opção da versão SE para a motorização 2.0 litros e a top de linha, Titanium, para a de 1.6 litro.

Ecosport-2015-interior

Dessa maneira, o SUV agora tem entre seus itens de série rodas de liga leve, seus retrovisores externos possuem repetidores de seta, as maçanetas externas são pintadas e bagageiro no teto. A Ford deu uma enxugada no número de versões oferecidas na linha 2015 do Ford Ecosport. Agora, na linha 2015, é oferecido em seis configurações com preços que variam de 63.000,00 a 82.000,00. A maior perda ocorrida foi a antiga versão de entrada, a S, tabelada em 59.000,00. Também foram desligados os modelos 1.6 freestyle plus, 2.0 freestyle quatro por quatro e 2.0 titanium plus powershift. Leve a um centro automotivo especializado.

A intenção de diminuir os modelos oferecidos é um realinhamento na oferta de catálogos para simplificar a escolha e adequar-se Às preferências do mercado. Segundo a própria Ford, trata-se de um upgrade no SUV. A sua nova versão de entrada, 1.6 SE, sai de fábrica equipado com rodas de liga leve com quinze polegadas e piscas integrados nos espelhos retrovisores externos, item que não tinha no modelo anterior. Entre outros equipamentos nessa configuração podemos citar freios ABS, airbag frontal duplo, sistema de ar condicionado, sistema de direção elétrica, vidros elétricos, bagageiro no teto, sistema multimídia SYNC e volante multifuncional.

A sua versão top de linha também ganhou mais acessórios e agora possui sistema de ar condicionado digital, partida sem chave e sistema de acesso inteligente, sensor de chova, faróis que acendem-se automaticamente e rodas de liga leve de 16 polegadas.

Sendo um item extremamente importante, a bateria é a principal peça fornecedora de energia ao automóvel. É ela que coloca o motor em funcionamento e da mesma forma que qualquer outra pela do automóvel sofre desgaste com o passar do tempo e necessita de revisão e troca preventiva. Por esse motivo, precisamos tomar alguns cuidados para que a bateria tenha uma boa durabilidade e um funcionamento dentro do esperado.

Comece escolhendo corretamente o produto. Dimensione dentro da necessidade, não ficando nem além e nem aquém. Instalar uma bateria com características elétrica inferiores ao recomendado no manual do proprietário, ou com a demanda elétrica necessária, a partida será ineficiente no motor e a durabilidade da bateria diminuirá.

É recomendado realizar uma manutenção no sistema elétrico da bateria a cada quatro meses e caso no teste sejam apresentados baixo desempenho, substitua preventivamente para que não arrisque a segurança quando a bateria falhar.

Ecosport

Os terminais dos cabos que estão ligados aos polos da bateria devem ser verificados. Eles devem estar bem presos, limpos e sem a utilização de graxa ou qualquer outro produto. Bateria solta em seu compartimento quer dizer baixa durabilidade pelas condições. Movimentos bruscos e vibrações farão com que se desgaste mais rápido as placas que armazenam energia elétrica o que pode inclusive provocar até um curto circuito elétrico.

É necessário utilizar a bateria corretamente dimensionada para evitar a diminuição da sua vida útil. A principal função a que presta a bateria é efetuar a partida do motor. Por esse motivo e recomendado que a sua descarga seja evitada por períodos prolongado, como por exemplo deixar os faróis e lâmpadas acesas ou rádios e outros aparelhos ligados enquanto o motor estiver desligado.

Todo sistema ou dispositivo de segurança que precisar ser instalado precisa ter boa tecnologia e dimensionamento, pois esses equipamentos costumam roubar muita corrente elétrica da bateria e faz assim a sua descarga muito rápida, o que acabará resultando em uma redução do desempenho elétrico.

E para terminar existe um mito de que ligando o automóvel por alguns minutos a bateria será carregada. Na verdade, o tempo de recarga depende de diversos fatores e por esse motivo caso a bateria esteja totalmente descarregada o ideal é levá-la a um centro automotivo especializado para que seja efetuada uma carga na bateria, juntamente com diagnósticos precisos. Caso seja necessário a bateria deve ser substituída.

Publicado em dicas elétricas Marcado com: , , ,