Quais os principais cuidados que você deve ter com os pneus do seu carro?

Uma das práticas mais importantes na manutenção de um veículo é também uma das mais simples: calibragem dos pneus. Mas muitos motoristas se esquecem dela e correm riscos desnecessários, principalmente nas estradas.

Seu veículo pode ser o mais tecnológico e moderno do mundo, se os pneus não estiverem com a pressão certa, ele será perigoso, pois a estabilidade estará comprometida. Além disso, a chance de pneus furados aumenta. Segundo a K2 oficina mecânica.

Outros pontos ruins de pneus murchos são o aumento no consumo de combustível, a maior probabilidade de danos às rodas, em casos de buracos e desgaste excessivo e desigual da borracha, forçando a troca precoce dos pneus e causando prejuízo ao motorista.

Calibragem acima do recomendado pelo fabricante também é prejudicial, pois a parte central da banda de rodagem ficará em contato com o solo. Diminuindo a aderência e compromete o funcionamento do sistema de suspensão, além de deixar o veículo desconfortável e muito duro.

Dicas para você rodar seguro e não ter prejuízos com os pneus do seu carro:

– Procure calibrar os pneus a cada 15 dias. Se você tiver tempo, confira a pressão dos pneus toda vez que completar o tanque de combustível. Tendo esse hábito, eles não ficarão com a pressão errada.

– Calibre os pneus, de preferência, quando eles ainda estiverem frios , menos de dois quilômetros rodados. Pois o ar se expande conforme esquenta e aumenta a pressão interna do pneu, prejudicando a medição correta do calibrador.

– A pressão correta varia de carro para carro. Mas geralmente, é possível verificar a indicação do fabricante em um adesivo fixado na porta do motorista. Na dúvida, consulte o manual do proprietário.

– Apesar de terem preços mais tentadores, nenhum pneu remondado ou recauchutado tem a mesma qualidade de um pneu novo. Prefira economizar em outro item e procure optar por pneus novos.

– Procure fazer o balanceamento e alinhamento das rodas a cada 10 mil km e o rodízio dos pneus, a cada 15 mil km.

– Evite misturar modelos ou marcas diferentes de pneus, pois isso pode comprometer o desempenho, principalmente, em pista molhada. Se, você tiver de usar dois tipos de pneus, instale os iguais sempre no mesmo eixo.

Publicado em dicas automotivas Marcado com: , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*