Motor e câmbio do Hyundai I30

 

A primeira geração do modelo Hyundai I30 foi apresentada pela primeira vez no Salão da Genebra na Suíça no ano de 2007. Foi projetado e desenvolvido no centro de design da Hyundai na Alemanha, chegando ao Brasil no ano de 2009. No ano de 2013 o Hyundai ganhou uma nova geração, apresentando um visual mais moderno e que encontra-se alinhado ao restante da linha no país.

I30_interio

O Hyundai I30 é considerado um dos automóveis mais modernos do mercado brasileiro na atualidade e chega no ano de 2015 com ainda mais novidades, tanto na sua estética e aparência quanto no seu interior, que foram criadas justamente para agradar em cheio os consumidores mais exigentes. As novidades preparadas pela Hyundai para o I30 modelo 2015 são enormes, principalmente no seu acabamento interno e os itens que equipam o modelo. Para manutençãpo, leve a um centro automotivo especializado.

Externamente o I30 também ganhou algumas mudanças, e uma das principais está localizada na sua parte frontal e são os faróis que receberam novos desenhos com destaque para suas lanternas que agora encontram-se mais modernas, bonitas e chamativas. O interior do I30 parece uma versão mais amadurecida do HB20, ainda utilizando plástico, mas com os botões mais bem distribuídos e a sua montagem mais amigável e que agrada. Apresenta também ar condicionado digital, programa eletrônico de estabilidade, air bag duplo frontal, volante com acabamento metálico e freio a disco nas quatro rodas.

A Hyundai é uma montadora que nunca se preocupou em colocar o sistema bicombustível (flex) nos seus automóveis e nem por isso se deu mal. Ainda mais agora, que geralmente está mais caro utilizar o etanol do que a gasolina como combustível. Seu motor é um quatro cilindros de 2.0 litros, duplo comando de 16 válvulas que desenvolve 145 cavalos de potência a 6.000 rpm com um torque de 10 mkgf a 4.600 rpm.

Seu peso é de 1.250 quilos, razoável para um hatchback médio com 2,65 metros de distãncia entre eixos e 4,25 metros de comprimento. Pode-se notar visualmente que é bem largo por fora e por dentro, com 1,75 metros. no seu banco traseiro, três pessoas ficam bem acomodadas. A sua altura de 1,50 letros é boa e proporcional às suas demais dimensões.

Seu motor é muito suave no funcionamento, cortando a 6.500 a sua rotação e em marcha lenta a 700 rpm mal percebe que está funcionando. Parece como se existisse árvore contra rotativa de balanceamento no bloco, de tal maneira que a vibração em toda a faixa parece ausente. A parte de dentro do capô possui material fonoabsorvente que diminui e muito o barulho.

i30-2015

O I30 não é nenhuma máquina de corrida, mas também não faz o seu dono passar vergonha. Ele passa dos 200 quilômetros por hora, chegando nos 205 de velocidade máxima e vai de 0 a 100 quilômetros por hora em 10,6 segundos.

Seu câmbio apresenta cinco marchas com a ré, não sincronizada e a quinta é para cima, ficando fora do H de tal maneira que sua operação não poderia ser melhor, apresentando escalonamento de carro de primeiro mundo, com 3.300 rpm em quinta marcha a 120 quilômetros por hora, sendo a sua velocidade máxima nessa mesma marcha a apenas 400 rpm abaixo da rotação do pico de potência, tendo sido muito bem projetada pelos coreanos. A manopla da alavanca do câmbio do I30 possui uma forma de pêra que foi desenvolvida para total conforto de ergonomia. No corte, a 6.500 rpm as marchas alcançam 51, 96, 148 e 190 quilômetros por hora, de primeira a quarta marcha.

E, para que o motor do I30 esteja sempre funcionando corretamente, sem falhas e da melhor maneira possível, leve constantemente o seu automóvel a um centro automotivo especializado, com técnicos mecânicos especializados para realizar diagnósticos e a manutenção do motor. Possui também os instrumentos e equipamentos de testes necessários para que todos os problemas e defeitos sejam detectados e solucionados corretamente, deixando o motor em ordem, econômico e com o seu melhor desempenho.

 

Publicado em dicas automotivas Marcado com: , , ,