Manutenção – Fundamental na prevenção de acidentes

No período de férias aumenta o número de veículos na estrada e também as estatísticas de acidentes de trânsito. Sendo assim o motorista deve redobrar a atenção ao dirigir, e garantir que seu carro está em boas condições para viajar.

Manutenção de alguns itens:

Palhetas

Recomenda-se fazer a substituição pelo menos uma vez por ano. Ou se estivem nas seguintes condições: no para-brisa, formação de faixas e riscos, trepidação ou ruído, formação de nevoa falhas na limpeza; e nas palhetas, lamina quebradiça, rasgada ou torta.

Ao substituir verifique as condições do motor do limpador, verificando se o esguichador está desobstruído e posicionado corretamente e conferir as condições do braço limpador.

Filtros em geral

Realizar a manutenção sempre que necessário efetuar a troca dos filtros evitando danos à injeção eletrônica, assim como nos outros sistemas e peças do motor. A recomendação é que a troca seja feita sempre em intervalos sugeridos no manual do fabricante do veículo.

Velas

Abasteça em postos de confiança. Os combustíveis adulterados ou de procedência duvidosa diminuem a vida útil desses componentes podendo provocar outros problemas, como o superaquecimento das peças e carbonização dos eletrodos.

Troque as velas de ignição conforme a recomendação do fabricante. Na troca das velas o mecânico deve consultar o manual do veículo ou a tabela de aplicação disponível em oficinas mecânicas e autopeças, verificando qual é a vela correta para o motor do seu veículo.

Cabos

Quando for verificar o estado das velas, é preciso observar as condições dos cabos de ignição também, eles são responsáveis por conduzir a corrente elétrica de alta tensão produzida na bobina de ignição às velas do motor.

Freios

É recomendado verificar o sistema de freios a cada 5 mil quilômetros e fazer a substituição do fluido de freio a cada 10 mil quilômetros ou 12 meses.

Para substituir o fluido, leve em consideração a especificação correta para cada tipo de veículo. Siga sempre as orientações do manual do veículo. Pois a aplicação de um fluido inadequado pode reduzir a eficiência de frenagem ou até mesmo danificar o sistema, colocando em risco a segurança, Por isso é muito importante sempre seguir as orientações.

Correias

Essa peça tem a função de sincronismo entre o vibraquim e o comando de válvulas, os principais eixos do motor. Quando essa correia quebra, ocorre interrupção nesse sincronismo, provocando a parada total do veículo. Recomenda-se uma avaliação visual a cada 10 mil quilômetros. É aconselhável ainda avaliar o estado das polias e tensionadores a cada troca, para garantir a eficiência da correia e evitar o desgaste precoce…

Publicado em dicas automotivas Marcado com: , ,