Sistema de lubrificantes automotivo

Em veículos nacionais e importados a função do óleo no motor não consiste apenas em diminuir o atrito e o desgaste dos pistões, apoios e outras peças móveis, mas também em não deixar o escapamento dos gases quentes a alta pressão, os motores podem ser construídos com um ou mais cilindros ao avanço tecnológico e ao dissipar o calor da zonas quentes para o ar, através do Carter, diminuir a corrosão e absorver alguns dos resíduos nocivos da combustão.

O óleo do sistema encontra-se no carter, localizada na parte inferior do motor e é enviado por uma bomba para os apoios principais através de um filtro onde a abertura e o fechamento dessas mecanismos são feitos de forma sincronizada aditivos empregados. A bomba impulsiona normalmente vários litros de óleo por minuto. A partir dos apoios principais, o óleo segue, através dos orifícios de alimentação ou canais, para passagens abertas no virabrequim e para os apoios das cabeças das bielas.

Um desvio do circuito principal alimenta cada um dos apoios da árvore de comando também como a limpeza de carburador para os carros ainda não equipados com injeção eletrônica, troca de platinado e condensador do ar condicionado do carro. Em grande número de motores com válvulas na cabeça existe ainda um outro desvio que conduz o óleo aos apoios do eixo dos balancins.

Publicado em dicas automotivas Marcado com: