DICAS QUE VALORIZAM SEU CARRO NA HORA DA VENDA

venda

Cada dia que passa, é mais difícil vender o seu automóvel usado a preço justo, da tabela. Um dos motivos é o aumento da venda dos automóveis zero quilômetro, que têm seu financiamento facilitado. Para que você consiga vender seu automóvel usado com um preço melhor, preparamos umas dicas. Sem esquecer que o ideal é vender de particular para particular.

Itens originais: caso você possua guardado o manual do proprietário, a nota fiscal da compra e outros documentos, como: comprovantes de revisão, notas fiscais das peças trocadas e tudo que comprove a manutenção preventiva, ajuda na hora da venda;História do carro: tenha guardado o manual do proprietário, nota fiscal da compra e outros documentos como, por exemplo, comprovantes de revisões, troca de peças e tudo o que comprova a manutenção preventiva. Isso dá maior segurança ao futuro comprador.

De uma arrumada no visual: para vender, realize uma lavagem completa, pois é difícil alguém comprar um carro sujo. Além da lavagem, um polimento e higienização da parte interna. O polimento vai melhorar muito a aparência externa. A higienização dará um ar renovado nos bancos, revestimentos e carpetes do interior do veículo, além de eliminar os cheiros internos.

Revisão: esse ponto dá mais segurança na hora da venda, principalmente para particulares. Faça uma revisão completa dos principais itens do carro. Para quem vai comprar o carro, essa revisão dá muito mais segurança e valoriza o carro. Mostre a nota fiscal que comprova a revisão ao interessado na compra.

Realize pequenos reparos: caso o seu carro precise de alguns reparos pequenos, como pintura de pára-choque, conserto de retrovisor e entre outros. Como são pequenos reparos, faça orçamentos e pesquisas no preço, pois a diferença é muito grande. Você gasta pouco e a valorização na hora de vender é grande.

Faça uma perícia automotiva. Essa perícia valoriza muito o carro, pois atesta que o veículo é de procedência. Várias empresas no mercado oferecem essa perícia. Ela demora cerca de 30 minutos e é feito um laudo com todas as informações e histórico do veículo.

Anuncie o seu carro: não basta colocar somente a placa de vende-se; anuncie em sites especializados com fotos detalhadas, bem tiradas e nítidas para causar uma boa impressão. Leve seu carro também aos feirões, onde existe público que vai especificamente para comprar.

Manter a originalidade é muito importante também. Evite acessórios que alterem demais o visual do carro, como aerofólios, adesivos e outras peças. Agora, caso seu carro seja muito modificado, o público para comprar é mais específico ainda e você pode demorar mais tempo para vender.

Na hora de marcar encontros para que o interessado veja o carro, nunca marque na sua casa. Prefira estacionamentos de locais públicos movimentados, como shoppings, hiper-mercados.

Ao fechar o negócio, prefira transferências financeiras diretamente no banco. Evita golpes de compradores mal intencionados.

Não se esqueça de preencher o certificado de registro do veículo, inserindo todos os dados e não esquecendo de datar. Reconheça as assinaturas imediatamente. Depois, tire duas cópias, guardando uma consigo e a outra envie para o Detran da sua cidade para se isentar da responsabilidade sobre futuras multas ou incômodos.

Para fazer essas revisões e dar uma melhorada no seu automóvel procure sempre um centro automotivo de sua confiança.

Publicado em dicas automotivas Marcado com: , , ,