Cuidados e dicas mecânicas para o Fiat 500

O Fiat 500 novo, uma releitura do clássico da Fiat produzido na década de 60, é um automóvel super compacto, que oferece bastante conforto. Pelo seu tamanho, é um automóvel prático e fácil de dirigir. Porém, como todo automóvel, requer alguns cuidados com seus sistemas e peças para sempre proporcionar bastante prazer ao dirigir e conforto. Hoje daremos algumas dicas para cuidar bem do seu Fiat 500.

Barulhos no painel

Quando o automóvel sai da concessionária zero quilômetro, não tem nenhum barulho, tudo está perfeitamente encaixado e apertado. Porém, com o passar do tempo e o carro andando em ruas e estradas com bastante vibração, as peças começam a se soltar e ficar com folgas. Ainda mais no Brasil, onde as ruas são esburacadas e apresentam vários desníveis. Uma maneira de amenizar essa situação é andar devagar e dirigir o automóvel com bastante cuidado. É a principal maneira para fazer com que esses barulhos demorem mais para aparecer. O Fiat 500 pode acontecer barulho no seu painel e nas suas portas. Para isso, procure um centro automotivo especializado.

Começam a ficar com folgas e o barulho aumenta. Os locais mais prováveis de aparecer barulho no Fiat 500 são: painel, porta e tampa do porta-malas (tampa traseira) e, para que esse problema seja se não resolvido totalmente, mas amenizado quase por completo, leve seu automóvel a um centro automotivo especializado.

Nunca tente consertar, pois sem as ferramentas necessárias e o conhecimento adequado, ao invés de consertar o que pode acontecer e quebrar os encaixes e travas e danificar mais ainda o painel e as portas. Não tente forçar o encaixe, pois pode quebrar e geralmente essas peças são caras. Esses cuidados, além de diminuir o barulho e incômodo para os passageiros e condutor, também diminui a entrada de ar e poluição no automóvel, já que diminuindo a trepidação das portas consequentemente a vedação aumenta e entra menos poeira.

Cuidados com o estofamento do Fiat 500

O estofamento do automóvel, geralmente fica quente pelo sol que bate e ele tem bastante espuma. Dessa maneira, é um local perfeito para o desenvolvimento e a proliferação de ácaros e insetos. Fazer uma limpeza periodicamente e aspirar é a maneira mais aconselhada de manter o estofado o mais limpo e livre de possíveis doenças. Evite sujar o interior do carro, com restos de comidas e bolachas, chiletes e coisas do tipo. Isso aumenta a quantidade de insetos.
Interior-do-Fiat-500
Outra dica é não consumir bebidas dentro o automóvel, pois muitas bebidas são doces e isso pode atrais insetos, deixando o interior do automóvel melado. Outra dica importante é não cobrir os bancos com capas protetoras, pois essa atitude facilita a proliferação de ácaros e fungos, já que cobrindo o banco fica com circunstâncias ideais ara a proliferação. O ideal é sempre manter o Fiat 500 limpo e com o seu interior aspirado.

Caso tenha acontecido de cair no estofamento algum tipo de bebida como suco, refrigerante e iguais, existem produtos próprios e específicos para realizar esse tipo de limpeza. Para que essa limpeza seja realizada com capricho e da maneira correta, procure levar o automóvel a um centro automotivo especializado.

C

uidados com o motor do Fiat 500

Outra precaução muito importante e que deve ser observada é tomar sempre os cuidados pertinentes com o motor. Ele é um dos itens mais importantes do automóvel e que traz a maior parte dos gastos. É importante enquanto o motor estiver frio, ser mantido ligado em baixa rotação, já que a lubrificação ainda não está na temperatura ideal para que a lubrificação das peças dentro da câmara de combustão seja realizada corretamente. Com o motor quente, também não se deve exagerar nas acelerações, pois muita aceleração esquenta o motor, facilitando o super aquecimento. Não recomenda-se acelerar o automóvel parado.

É muito importante, não somente no motor mas em todos os sistemas do automóvel, realizar a manutenção preventiva. Deve-se tomar cuidado extra com as seguintes peças:

1 – Correia dentada, que geralmente deve ser trocada em média a cada 50.000 quilômetros;

2 – Óleo do motor, da direção hidráulica e do câmbio, que devem ser trocado obedecendo as recomendações do fabricante;

3 – Filtros de combustível, do ar e do óleo que também devem ser trocados obedecendo as recomendações do fabricante. Nunca misture óleo mineral com óleo sintético, pois isso pode gerar borra. complete sempre com o nível correto de óleo, nunca mais nem menos.

É muito importante também, caso deseja-se lavar o motor, fazer isso com ele frio para não trincar e nem empenar peças. Isso acarreta danos irreparáveis.

Cuidados com o sistema elétrico do Fiat 500

Deve-se tomar muito cuidado também com as ligações e terminações elétricas. O ideal é que constantemente sejam limpos com produtos limpa-contato anti-corrosivos e passar silicone nas borrachas, para que elas não ressequem e fiquem sempre hidratadas.

Com esses cuidados, o seu Fiat 500 ficará sempre com todos seus sistemas e componentes em dia e funcionando perfeitamente, proporcionando para seus ocupantes e ao condutor, muito conforto, praticidade e comodidade. E, o melhor disso: sem preocupação. Por isso leve sempre seu automóvel Fiat 500 a um centro automotivo especializado.

Publicado em dicas automotivas Marcado com: , , ,