Como frear o automóvel corretamente?

Geralmente, estamos dirigindo nosso automóvel e muitas vezes precisamos frear em situações inesperadas, como um outro automóvel que entra na nossa frente ou até mesmo uma bola de futebol.

Nessas situações precisamos ter muito cuidado e habilidade para frear. Ou até mesmo em uma faixa de pedestre ou um semáforo que vai se fechar.

A primeira precaução que devemos tomar é não pisar na embreagem para frear. Ou seja, primeiro precisamos usar o freio e quando o carro estiver chegando a uma velocidade que consegue-se perceber que ele está começando a falhar, usar a embreagem para que o automóvel não “morra”.

O correto e ideal é ao mesmo tempo em o carro estiver freando, reduzir a marcha, pois a tendência é que quanto maior for a marcha maior a tendência do automóvel “morrer” se diminuir muito a velocidade. Reduza para a segunda marcha, nunca chegando a engatar a primeira, para que não aconteça uma redução muito brusca de velocidade.

Outra forma de se usar o freio para não fazer uma frenagem brusca é reduzir aos poucos e quando chegar o local de parar a automóvel, pisar na embreagem e, aí sim, colocar a primeira marcha. Com a prática, a tendência é que a pessoa aprenda.

Pise no freio bem de leve e aumente a pressão aos poucos. à medida que o carro for parando, acione a embreagem e coloque o câmbio em ponto morto e depois solte a embreagem. Nunca fique com o automóvel parado e com o pé na embreagem e o câmbio engatado. O correto é colocar o automóvel em ponto morto quando estiver parado e para sair, pisar na embreagem, engatando primeira marcha, acelerar aos poucos e devagar tirar o pé da embreagem. Assim, o automóvel começa a se movimentar sem solavancos.
Logos
Quando o carro estiver em movimento, nunca fique com o pé em cima do pedal de embreagem, mesmo que não esteja pisando nele. Além de ficar uma posição desconfortável, pode danificar o sistema de embreagem. O intuito da embreagem é engatar a primeira depois do ponto morto e só pisar para realizar as mudanças de marcha.

Para transitar tranquilamente a uns 40, 50 km por hora, o correto é o carro estar na terceira marcha, para não forçar muito o motor do carro. Em velocidades abaixo dos 35 km por hora, o correto é estar com a segunda marcha engatada, pois se a velocidade diminuir muito o carro pode morrer, além de forçar o motor também.

Portanto, caso queira alguma dica além, sobre como dirigir, procure um centro automotivo especializado, além de aproveitar para uma revisão preventiva no seu automóvel para dirigir com mais segurança e tranquilidade.

Publicado em dicas automotivas Marcado com: , , ,